HOME PAGE     ACESSO   MAPA   FOTOS    ESPORTES     ATRATIVOS   JURÉIA     
PASSEIOS     PREÇOS
     RESERVAS      PROMOÇÕES    CADASTRO  
    


 


 

A ESTAÇÃO ECOLÓGICA DA JURÉIA-ITATINS


O primeiro acesso à região da Juréia se deu na época de Martim Afonso de Souza, objetivando interligar a Capitania Hereditária de São Vicente a Iguape e Cananéia.
Porém, o primeiro marco de ocupação aconteceu a mando do Imperador Dom Pedro I, que ordenou a construção do Caminho do Imperador na área.
Este foi muito utilizado durante a Guerra do Paraguai, pois através dele transitava o Correio Del Rei (mensageiros que portavam notícias do conflito), tendo maior movimentação com o Marechal Rondon, que lá instalou casas e pontes de ferro vindas da Inglaterra, ligando o Rio de Janeiro ao sul do país, e uma linha telegráfica.

Estes ambientes abrigam uma fauna rica e diversificada com espécies exclusivas (endêmicas) e outras ameaçadas de extinção, tais como, jacutinga, tucanos, papagaio de cara roxa, gavião pega-macaco, bicho preguiça, onça pintada, jacutinga, bugios e mono carvoeiro.
Suas paisagens notáveis estão moldadas pela serras e florestas que lhe emprestam o nome de origem indígena, Juréia (promontório) e Itatins (narizes de pedra- referencia aos afloramentos rochosos) pelos diversos rios encachoeirados, longos e sinuosos, suas planícies e pelo mar.
É importante ressaltar que a estação ecológica Juréia-Itatins é considerada pela ONU reserva da Biosfera da Mata Atlântica e está inserida em um dos Sítios do Patrimônio Natural da Humanidade (Unesco) existentes no Brasil- os demais são Pantanal - Parque das Cataratas do Iguaçu - Parque Rosan( Amazônia) e Matas da Costa do Descobrimento. 

 

 






 
© 1996-2017 Guaraú Eco Pousada. Todos os direitos reservados